Esse ano de 2017 foi o ano de encontrar mentores. Farei em breve um texto sobre isso.

Hoje chegou mais um texto de um mentor meu. O nome dele é Paul Mcgee (the sumo guy)

O título começa assim:

Tolere Menos.

Nesse texto, Paulo comenta que não são apenas nossas ações que modelam as nossas vidas, as nossas “não ações” também.

Se você não está satisfeito em sua vida profissional, com o seu casamento, com suas finanças e continua levando com a barriga, você merece exatamente ter tal insatisfação.

Você está vivendo aquela historinha da síndrome do sapo fervido. Conhece? Deve conhecer. Todo mundo conhece, todo caso vamos lá:

Vários estudos biológicos provaram que um sapo colocado em um recipiente, com a mesma água de sua lagoa, fica estático durante todo o tempo em que aquecemos a água, até que ela ferva. O sapo não reage ao gradual aumento da temperatura (mudanças do ambiente) e morre quando a água ferve. Inchadinho e feliz. No entanto, outro sapo, jogado nesse mesmo recipiente já com água fervendo, salta, imediatamente, para fora, meio chamuscado, porém, vivo!

Texto extraído de: https://www.cpt.com.br/para-refletir/a-sindrome-do-sapo-fervido

 

Pessoas que toleram a insatisfação não estão vivendo, estão apenas sobrevivendo. O que faz a vida ficar bem sem sentido.

Importante entender que uma coisa é aceitar uma situação temporária para um bem maior no futuro. Isso acontece com todos. Em alguns momentos passamos por alguns momentos onde plantamos para colher depois. Porém não é disso que estamos falando. Esse texto é sobre insatisfações que você sabe que não melhorarão com o tempo. Você sabe que não importa o que acontecer externamente, o resultado será o mesmo. Então eu te pergunto, o que você está esperando para resolver?

Eu te respondo, você está esperando ter coragem o suficiente. Porém se essa virtude não aparecer, você só terá o que você tolera e não o que você quer.

Já parou para pensar nisso?

Lembra daquele Meme do velhinho dançando? Não vou falar aqui pois prometi que não teria mais palavrão em meus textos. (nçao sei quanto tempo vou segurar)…

 

Bom, já avisando. Nem todo mundo vai entender a piada. Mas eu sou fã desse velhinho.

 

Vamos que vamos tolerar menos?

Rafael Barrêto.