As vezes perdemos o emprego, as vezes não fazemos o que amamos, podemos até perder o significado de nossas vidas por um momento.  Nesse momento travamos, procurando por um significado, por uma luz no fim do túnel, mas na minha opinião essa luz é apagada gradativamente por nós mesmos. Isso acontece pois começamos a perder nossa utilidade momentânea.

Pensa comigo, você perde o emprego pois alguém achou que você não era mais útil para aquela empresa. Desempregado você começa a enviar alguns (poucos cvs) e espera a ser chamado. O convite para uma nova empresa não aparece e você começa a acordar um pouco mais tarde, aproveitando os dias que não está trabalhando. Liga para alguns amigos e pede umas (poucas) indicações. Nesse tempo desempregado, não se empenha para aprender algo novo nem para fazer o bem a alguém. Pois é meu amigo, você se tornou inútil.

Isso pode acontecer quando perde alguém que ama, quando percebe que naquele momento a sua vida não faz muito sentido, ou até mesmo quando se estressa. Esse problema se não mitigado logo no inicio pode se tornar problemas bem maiores como doenças psicológicas onde eu não tenho bagagem para explicitar. Isso só um psicólogo mesmo.

Porém antes de isso se agravar, você pode tornar uma ação fácil, simples e que dá um resultado muito bom. Seja útil. Isso mesmo, apenas isso. Seja útil.



Você não precisa ter um emprego para ser útil. Existem milhares de grupos de voluntariados fazendo o bem todos dias. Com certeza familiares e amigos precisam da sua ajuda, comece por aí. Se você acha que precisa mudar o mundo para achar o que te preenche na vida, comece arrumando o seu quarto, a sua casa.  Se perdeu alguém que ame, se quer amar de novo, aprenda também a merecer o amor.

Hoje conhecemos algumas pessoas na melhor idade que estão um pouco perdidas pois perderam o seu sendo de utilidade. Esse senso é muito importante para o ser humano, pois além de ocupar seu tempo, mexe diretamente com sua autoestima.

Logo amigo, seja sempre útil, pois lembre-se  do que os mais velhos nos ensinaram.

– Cabeça vazia é oficina do capiroto.

Sai de reto e Vamos que Vamos.

Rafale Barrêto.