inovar

Ao pensar o quanto uma pessoa é interessante, creio que esse adjetivo se dá ao quanto esse indivíduo tem de “novo” dentro de si. Perceba, as pessoas que você julga interessante é porque ela tem algo novo para te apresentar. Viagens, cultura, inteligência, experiência. Quantas vezes sentamos ao lado de um senhor bom de estória e por lá ficamos por horas? Pessoas com experiências são interessantes.

Acho que vocês já me conhecem, quando gosto de um livro invisto um bom tempo nele. Foi o caso do “O Poder da Energia”.

Já fizemos o resumo dele em duas partes. Você pode os encontrar no blog. Hoje falaremos de “procurar o novo” Fazer algo diferente. Coisas simples, mas quando realizadas com uma certa frequência fazem a diferença.

Faça uma rápida análise de sua vida. O que você fez de novo no último mês? A maioria das pessoas não recordam, pois simplesmente colocam sua vida no piloto automático. Resultado, suas vidas ficam mornas, sem graça, sem resultados. Porém quando saem do piloto automático percebem que não é isso que querem e que já perderam um bom tempo.



Ter novas experiências é o que farão da sua vida mais energizante e você mais comprometido com ela.

Para lhe ajudar a ter mais contato com o novo, Brendon sugere seis maneiras simples:

  • Uma folga a cada 90 dias. No mínimo a cada 90 dias tire uma folga de todas as responsabilidades. Viaje, conheça lugares novos. Se não for possível, fique em casa, mas tire uma folga de seus afazeres. Tire esse tempo para você. Sem trabalho e sem estudo ok?
  • Passeie por restaurantes (ou bares). Ao invés de sempre ir no mesmo, aproveite para conhecer lugares novos. Eu conheço de um a dois bares novos todos os meses.
  • Eventos Esportivos. Experiências. Vá ao cinema, algum evento esportivo, um museu. Se vira.
  • Monte uma lista de todos os lugares que conhecer na vida e comece a executar o seu plano. Importante: Não fique em um resort. Ficar em um resort é para a dica 1. “uma folga a cada 90 dias”. A dica 4 é para explorar, se aventurar.
  • Expandir o seu círculo de amizades. Quando mais envelhecemos, mais seletivos ficamos. Quando jovens, queremos ter um milhão de amigos. Quando mais velhos, evitamos conhecer novas pessoas. Esqueça isso. Faça novas amizades. Se programe para isso. Cursos, academia, casas de caridade. Faça mais amigos.
  • Desenvolva novas habilidades. Quais são as 10 novas habilidades que você vai desenvolver esse ano? O que você quer aprender a fazer esse ano? Cozinhar? Fazer mágica? Desafie-se a buscar novas habilidades. Essa é uma das maneiras mais fáceis de transcender seus limites. Aprenda a fazer algo novo.

Foi muito interessante ler essas dicas, pois podemos ter uma metodologia para conhecer o novo. Eu já fazia algumas dessas coisas, mas agora, será uma espécie de rito.

Então… vamos que vamos.

Rafael Barrêto.