novos líderes

Estratégias de sucesso para novos líderes

Com algumas (muitas) mudanças acontecendo em minha vida, precisei de mais ferramentas para novos desafios.

Recebi de minha Coach uma indicação de um livro de Michael Watkins, chamado “Os primeiros 90 dias: Estratégias de sucesso para novos líderes”

O livro é bacana e bem técnico.

Você precisa de tempo e atenção para aproveitá-lo adequadamente.

Como o próprio nome diz, “Os primeiros 90 dias” é um livro para quem está começando uma nova liderança.

Sabemos que temos três meses de experiência em qualquer novo emprego ou melhor, em qualquer nova função.

Acontece que muitas das vezes, nessa transição seguimos a nossa intuição e nossa experiência, sendo que não é exatamente o mais eficaz e eficiente para a nova função.

Em um estudo que o próprio livro cita, em geral, levamos 180 dias para nos consolidar e mostrar resultados.

Porém, o mercado não tem esse tempo todo.

Precisamos encurtar esse tempo pela metade.

O livro vem para nos dar um banho de teoria com casos comprovando toda a ciência descrita para que possamos acelerar nossos resultados.

Ou seja, o casamento perfeito: A teoria com a prática.

Da forma mais pragmática possível, dividimos de duas formas distintas.



A primeira parte falaremos brevemente de cada capítulo.

Já na segunda, resumiremos os capítulos em três meses. Vamos começar:

  1. Fazer a própria promoção. Lembre-se, você foi promovido. Provavelmente fez um belo trabalho até aqui, mas agora é outro jogo. Você deve entender isso logo no primeiro dia e começar a fazer o que sua nova posição necessita. Se você era uma costureira e agora é supervisora das costureiras, não operará mais a máquina de costura e sim trabalhará com a gestão das pessoas. Parece óbvio, mas na prática parece que a máquina te chama para que você produza as peças demandadas.
  2. Acelerar o aprendizado. Tempo é dinheiro. Então monte um plano de estudos e siga o plano para aprender o máximo possível das pessoas, processos e produtos no menor espaço de tempo.
  3. Ajustar a estratégia à situação. Existem quatro estágios onde sua equipe pode estar. Iniciantes; Mudanças completas de orientação; Realinhamentos e Sucessos continuados. Nesse caso, o líder deve diagnosticar onde está sua equipe e a partir desse diagnóstico, montar um plano de desenvolvimento.
  4. Garantir ganhos iniciais. Criar uma grande sinergia com a equipe, agir de forma simples e trazer pequenos resultados de forma rápida. Isso trará uma energia positiva para a equipe.
  5. Negociar o sucesso. Alinhe as expectativas com seus superiores. Divida esse bate papo em cinco etapas: Diagnóstico SituacionalExpectativasEstiloRecursos e o Desenvolvimento Pessoal.
  6. Concretizar o alinhamento. Capítulo para alinhar a estrutura, sistemas, habilidades e cultura com a estratégia da organização e equipe.
  7. Montar a equipe. Momento de alinhar e verificar se todos os seus “jogadores” estão performando de forma adequada. Algum precisa de ajuste? Ser trocado?
  8. Criar coalizões. Montar parceiras dentro e fora da empresa. Montar o seu time de aliados.
  9. Manter o seu equilíbrio. Já perto do fim do livro, a palavra-chave é manutenção, como continuar tendo resultados sustentáveis sem perder a perspectiva, equipe e/ou motivação?
  10. Acelerar a todos. O líder tem o papel de desenvolver pessoas. Se encontrarmos formas de fazer com que nossos pares e equipe sejam mais eficientes, levando resultados aos superiores, consequentemente aumentaremos nossos resultados;

Esses são os capítulos. Porém, como falamos no início desse texto, a segunda parte desse pequeno artigo seria um breve resumo do que fazer nos três primeiros meses.

Então, Vamos que vamos!

Primeiro mês: Adaptação. O novo líder deve usar seus primeiros 30 dias para conhecer toda a sua empresa. Aproveite para conhecer todos da sua equipe em um bate papo um a um. Entenda os objetivos e metas da organização. Compreender como funciona a cultura da empresa, seus acertos e erros do passado é fundamental. Ou seja, o primeiro mês é aprendizado. Não invente de fazer mudanças muito significativas de algo que você ainda não sabe como funciona.

Já no segundo mês, seu objetivo é ação com focos em resultados de curto prazo. Lembre-se que você está sendo avaliado e precisa começar a mostrar resultados. Coisa que você não fez muito no primeiro mês por estar estudando a empresa. Sendo assim é importante ter pequenas vitórias logo no início. Isso motivará sua equipe, você e mostrará a seus superiores o porquê de você estar ali.

Agora no terceiro mês é o momento de você dar a seu tempero e se consolidar. Claro, continue se relacionando muito bem, mas o seu estilo de trabalhar deve ser conhecido por todos. Depois de 90 dias, você já deve estar totalmente estabelecido e conhecer todo o processo e todas as pessoas. Não tem mais tempo para dizer que está aprendendo. Agora é com você.

É isso pessoal.

Se eu não acreditasse nesse livro, não estaria fazendo o resumo para vocês e muito menos colocando-o em prática.

Terminei o primeiro mês agora.

Bora pro segundo!

Vamos que Vamos

Rafael Barrêto