Poder da Energia

Hoje falaremos do poder da energia. Seria a energia elétrica? Atômica? Não, uma energia muito mais poderosa. A energia que está dentro de você. (Parecia o Yoda falando isso)

O título do livro “O Poder da Energia” do autor Brendon Burchard já enganou muita gente. Muitos o procuraram achando que era um livro esotérico ou algo parecido. Ele é mais voltado para uma autoajuda. Ou como o próprio autor o descreve:

“Um guia inspirador para a única coisa que todos nós queremos: mais vidas em nossas vidas”



Fala que com esse slogan já não deu vontade de ler o livro? Quem não quer ter mais vida? Se você não quer é porque sua vida deve estar muito chata. Talvez seja a hora de ler o livro J

Bom como todo livro com um toque de autoajuda, vai aqui os meus conselhos de sempre:

  • Não seja preconceituoso com a sessão autoajuda, de uma chance ao livro.
  • Tenha uma mente aberta. Nem tudo que o autor fala cabe a você. Nesse em específico o autor fala em beber 6 litros de água por dia. Eu tenho dificuldade em beber dois. Só de pensar em 6 já me dá vontade de ir no banheiro.

Acredito que já perceberam que eu gosto de resumir o livro em pedaços. Para minha cabeça é mais fácil. Então vamos lá;

O autor começa com um capítulo chamado “Saindo da Escuridão”. Fala a verdade, um livro chamado o “O Poder da Energia, como o primeiro capítulo “Saindo da Escuridão” já é de se pensar que a bruxaria ia comer solta, espíritos, ou pelo menos um esoterismo vai. Mas não é isso que acontece. O livro começa comentando que existem 3 tipos de vidas:

  • A vida presa: Aprisionada no passado; pelo o que os outros vão pensar; por desejo de aprovação, carinho ou afeto; etc.
  • A vida acomodada: Acomodado com o que se tem; como o que não se tem; com seu trabalho com sua família; com suas experiências; etc.
  • A vida intensa: Intensa de amor; de liberdade; de riquezas (não estou falando especificamente de dinheiro aqui ok?); de amizade; de energia

Já parou para pensar como sua vida está agora? Deixa eu te ajudar:

Se sua vida está presa você deve se perguntar: Vou sobreviver ao que está acontecendo? Vai melhorar?

Se sua estadia nesse planeta está acomodado sua pergunta é: Serei aceito e bem sucedido?

Se você vive uma vida intensa, você pergunta a si mesmo: Estou realizando o meu potencial? Estou levando uma vida inspirada e inspirando pessoas?

É dependendo do momento que você ler isso vai te dar vontade de chorar. Eu sei. Porém o legal está no detalhe. Se você perceber, não perguntei como sua vida é e sim como ela está. Se não está na vida que quer, mude.

Depois desse tapa na cara da sociedade, Brendon divide o livro em 2 partes.

Primeira parte: Impulsos Básicos.

São eles:

  • Impulso por CONTROLE: Não pense que é para você começar a querer controlar tudo. A palavra é equilíbrio. Porém existem 3 áreas que você pode controlar:
    • Controlar seu ponto de vista e sua personalidade
    • Controlar o novo. (quando foi a última vez que você fez algo novo?)
    • Controle o seu fluxo de trabalho
  • Impulso pela COMPETÊNCIA: Competência é algo que não tem fim. Aliás, quanto mais se aprendemos, mais percebemos o quanto somos ignorantes. Então:

2.1. Avalie e direcione o seu desejo de aprender

2.2. Estabeleça um desafio real, um plano de sucesso e tenha um orientador

2.3. Integre o sucesso a sua identidade. Aprenda a comemorar sempre.

  • O impulso pela CONGRUÊNCIA: O modo como você se comporta é da forma como você pensa? Isso é congruência. Para isso:

3.1. Estabeleça seus padrões: O seu modo de agir, sentir, se vestir por exemplo, você estabeleceu ou você foi influenciado?

3.2. Ajuste seu indicador de humor: Tome ações frequentemente para ser mais bem-humorado

3.3. Mantenha sua palavra e vá em frente

  • O Impulso pelo CUIDADO: Cuidado com as pessoas. A capacidade de cuidar e ser cuidado é uma força humana. Então:

4.1. Cuide de si mesmo

4.2. Seja mais vulnerável e permita que os outros cuidem de você

4.3 Seja mais presente, interessado e atento aos outros

  • O Impulso pela CONEXÃO: Conecte-se de verdade e com profundidade, não seja raso e muito menos tenha apenas conexões artificiais como nas redes sociais.

5.1. Defina e crie seus relacionamentos ideais. Sim, os projete, tenha metas.

5.2. Pratique a projeção positiva. Você só encontra o que procura. Então, ao invés de reclamar dos defeitos do seu parceiro por exemplo. Enalteça suas qualidade

5.3. Encontre e cultive os “Amigos de Crescimento”. E claro, elimine os amigos que te diminuem.

Pois é essa é a primeira parte. O livro é extenso e tem muita coisa legal. Então hoje paramos por aqui. Em breve a segunda parte do resumo.

Vamos que vamos
Rafael Barrêto.