Procrastinação é algo muito complicado, sério. Eu diria crônico. Só para você ter ideia do que falo. Esse texto está parado desde 2011, quando eu lançaria o meu blog. A procrastinação é algo que limita a sua nossa vida.

O que quer dizer procrastinar? Segundo o Wikipédia..é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está procrastinando, isso resulta em estresse, sensação de culpa, perda de produtividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com suas responsabilidades e compromissos. Isso me traz a simples pergunta, se procrastinar traz tantos sentimentos ruins, por que fazê-lo? Em minha humilde opinião, existe um grande vilão que é chamado de ganho secundário. O que seria isso, é algo que também é um ganho, porém não é o principal. Por exemplo, hoje em minhas aulas de metodologia, vejo muitos dos meus alunos procrastinando suas tarefas, pois existe um ganho secundário que os atrapalha. Para alguns é o descanso, para outros a diversão com os amigos e família. Ou seja, em alguns momentos damos mais valor aos ganhos secundários do que o principal. Isso é um problema.

Deixa eu contar um segredinho, mas não conta para ninguém, na maioria das vezes, procrastinar apenas piora a atividade. Se você tinha um mês para ler um livro, mas passou 20 dias procrastinando, sua carga de leitura agora será muito mais pesada. E o ganho secundário, que poderia ter sido dosado junto com sua atividade por 30 dias, agora terá que ser também deixado de lado. Isso causa stress, as vezes até pânico.

Mesmo todos nós já sabemos disso, mas mesmo assim o fazemos, por quê? Porque não temos um plano, porque não sabemos como lidar com tal situação. Sendo assim, pesquisei um pouquinho e achei algumas ações bem interessantes para tomarmos. Segundo aexame.com os cinco passos para acabar com o hábito de procrastinar são:

1. De olho no alvo. Quais são suas prioridades? Mantenha o foco.

2. Diminua a ambição. Vá devagar e se planeje, de nada adianta querer abraçar o mundo se o seu braço é curtinho.

3. Comece na primeira marcha. Comece realizando as menores tarefas até pegar o ritmo, se tentar resolver as maiores atividades, você terá mais chances de se desmotivar. Lembrando sempre de priorizar o menor esforço com maior resultado.

4. Trabalhe sua mente. Comece a mudar seus hábitos, pense com será bom quando toda a atividade estiver concluída…

5. Aumente a adrenalina. Isso mesmo, adrenalina te deixa mais produtivo, falta de adrenalina nos deixam cansados e conseqüentemente deixamos de lado nossas atividades.



Se eu posso dar o meu pitaco…e posso porque o blog é meu…hehehehe eu incluiria duas a mais.

           6. Tenha um mapa de seus sonhos. Anote tudo o que você pretende fazer, no livro o processo da pérola de Nelson, Tommy, aprendi a colocar todos os meus sonhos, desde o mais simples ao mais complexo em uma lista… isso nos ajuda a nos lembrar de vez em quando e nos motivar

7. Negocie uma recompensa. Se isso funciona com os outros, porque tal negociação não funcionaria comigo mesmo? Assim que você terminar essa atividade importante você se dará o que? A recompensa deve ser dosada de acordo com a atividade, desde um simples café ou uma música até uma maravilhosa viajem para o exterior.

Agora, algo muito legal que aprendi no livro “Usando sua Mente” de Bandler, Richard, foi saber usar a procrastinação a nosso favor…Isso mesmo, existe uma maneira muito legal de usarmos a procrastinação. Você já pensou em procrastinar pequenas coisas que você não deveria fazer mas faz com freqüência? Por exemplo: Procrastine sua irritação quando alguém o irritar. Procrastine a degustação daquele doce que você adora quando você estiver de dieta, procrastine o uso do cigarro. Já pensou que maravilha?

Bom, agora voltarei ao meu trabalho, até porque, estou aprendendo como deixar de procrastinar também. A fotinho desse post…é de minha caixa de entrada…xiiiiiiiiiiiiiiiiiii