Senso de limpeza

Você já percebeu que quando você entra em ambiente limpo, você se esforça para conservá-lo assim?

Porém, quando entra em algum lugar sujo, não faz questão em preocupar-se se o deixará ainda mais sujo?

Agora, você pode até discordar, mas usemos o exemplo de um banheiro.

Quando você chega em um banheiro, limpo, cheiroso, tem até prazer em usá-lo e se esforça para conservá-lo assim.

Porém, quando está sujo, faz o possível para sair desse ambiente, e com pressa, às vezes, acaba sujando mais. Já está tão sujo que não faz diferença, né?

O Seiso, que em japonês significa Senso de Limpeza, aparece para dar um fim nessa bagunça. Ou melhor, nessa sujeira.

Temos que ter em mente:

Ambiente limpo não é o que mais se limpa, mas o que menos se suja.

Em outras palavras, o intuito do terceiro S Senso de limpeza é reduzir a sujeira e não aumentar o número de vezes que se limpa.

O significado principal é o cuidado, o respeito com tudo a sua volta.

Sabendo de tudo isso, mãos à obra…

A primeira coisa a ser feita é o que chamamos de Dia D – aquela faxina geral.

Em todo o local, seja a sua casa, sua empresa, seja o que for, todos os pontos precisam passar por aquele asseio.



Aproveitando que estamos com a mão na massa, aproveite também para fazer a manutenção das coisas.

O Seiso não é apenas a limpeza propriamente dita.

Aproveite para consertar o que está quebrado e trocar o que não estiver funcionando. E por aí vai…

Importante: esse dia D tem que ser um dia de todos os envolvidos.

Não cometa o erro de fazer com que só metade se comprometa.

A responsabilidade é individual e o resultado é coletivo.

Assim, todos se comprometerão a sujar cada vez menos.

Por fim, assim que terminarmos toda a limpeza, fazemos um pacto.

O local continuará da mesma forma assim por diante, pois todos cuidarão e inspecionarão as áreas.

Até por que não existirá o famoso “meio sujo”.

Ou está sujo ou não está. E se está, o que temos que fazer?

Vamos que vamos limpar!

Rafael Barrêto