Hoje é dia de filosofar. Hoje é dia de ir dormir pensando. Pelo menos depois que revisei o Modelo do Quadrante do Fluxo de Caixa de

Robert Kiyosaki eu fiquei bem pensativo.

Robert Kiyosaki é o autor de pai rico pai pobre. Um dos principais livros de finanças do mundo. Se você não leu, eu o aconselharia. Em uma linguagem bem simples ele ensina conceitos que não saem de moda nunca e podem lhe ajudar muito a pensar como um “Rico”.

Porém não é sobre o Livro de Robert que falaremos hoje e sim de um pequeno modelo criado. O modelo de quadrante de fluxo de caixa. Esse carinha aqui embaixo.

O entendimento dessa figura acima é simples. Onde você se encaixa? Qual o seu perfil?

Expliquemos cada um deles.

Empregado:

Muitos brasileiros têm essa característica predominante. Focados na segurança e no benefício deixando de lado os riscos, mesmo quando pequenos.

Procura sempre reduzir as incertezas.

Identificamos esse perfil em diferentes papéis, como em um executivo, um mecânico, até mesmo em empresários.

 

O empregado procura segurança (que nem sempre é real) e logicamente, precisa trabalhar para ganhar seu dinheiro, tendo assim pouca liberdade.

Autônomo:

  • Gosta de trabalhar por conta própria. Acredita que faz melhor que os outros e muitas das vezes está certo. Acontece que por trabalhar com excelência, é muito crítico com o trabalho dos outros. Sendo assim na maioria das vezes não deixa ninguém ajudar e fica sobrecarregado.

Dono:

Monta um sistema para que trabalhe por ele. Assim o resultado acontece mesmo na sua ausência

 

Se você é daqueles empresários que diz que não pode se ausentar da sua empresa, seja para um curso ou folga, você não se enquadra como dono. Favor voltar para o parágrafo acima como Autônomo, e sem reclamar.

 

Investidor

Faz o dinheiro trabalhar para ele. Seja com investimentos financeiros, imóveis ou investindo em empresas.

Concluindo:

 

  • Empregado gera renda por meio do emprego.
  • Autônomos ganham dinheiro trabalhando para si mesmos.
  • Dono tem uma empresa que gera dinheiro.
  • Investidores ganham dinheiro por meio do próprio dinheiro.

 

 

O que aprendemos com tudo isso? Eu gostaria de chamar a sua atenção para dois aspectos:

 

  • É importante nos encaixarmos em um desses quadrantes. Saber exatamente como é nosso comportamento.

Perceba como você se porta, entenda suas características e se encaixe em dos

Quadrantes

 

  • Entender que, para que você consiga a tão sonhada independência financeira. Precisamos ir para o lado direito da figura.

Nos quadrantes Dono ou Investidor temos mais liberdade e nosso futuro é mais tranquilo. Uma vez que com o passar dos anos o seu corpo não aceita um acelerado ritmo de trabalho.

 

A nossa mudança para outros quadrantes não é fácil. Mas tudo começa com o seu comportamento. Assim que souber em que local está, experimente atitudes de outros quadrantes. Vale muito a pena.

 

Bom, eu me encaixo muito no Autônomo e um pouquinho como Investidor. Agora tenho que trabalhar bastante como Dono. Então está na hora de agir.

 

E você onde está? Quer ir para onde?

 

Rafael Mateùs Barrêto.