Pato

Hoje em um curso o bate papo muito bacana. Foi a história do pato.

A história eu já conto já. Vem comigo que eu tenho um plano.

Vamos que vamos.

Hoje tivemos uma aula de organograma. Sabe organograma, aquelas caixinhas com os cargos da empresa. Depois embaixo vem o nome de todo mundo? Então, em breve falaremos sobre essa ferramenta também, mas é algo parecido com o que aparece abaixo.

organograma2

O que foi interessante hoje é que em uma empresa de mais de 20 funcionários alguém me entregou um organograma onde todos os cargos tinham o nome do proprietário. Bom, nesse caos vamos colocar o nome do proprietário de Barreto.

Então imagina como ficou:

Diretor: Barreto

Comercial: Barreto

Financeiro: Barreto

Compras: Barreto

Financeiro: Barreto

E todas as demais caixinhas. Portaria, segurança, limpeza, administrativo, supervisão…Barreto, Barreto, Barreto.

Como assim? Você trabalha com 20 pessoas e você faz tudo? Pergunta que não quer calar. Você dá conta de tudo? Tá bom o diferentão. Última bolacha do pacote, Kriptonia do Superman…

Deixa eu falar uma coisa. Opa, desceu o santo aqui. Deixa eu adivinhar…

Não, você não faz o seu trabalho direito. Pois você tem a síndrome do Pato.



O pato nada:
-Nadar é uma das atividades do pato,porém não consegue nadar por muito tempo,cansa rápido;

O pato voa:
-Voar é para quem quer ser um profissional de sucesso,mas o pato só dá vôos curtos, não consegue ir longe”;

O pato corre:
-Mas não corre com perfeição,devido suas nadadeiras atrapalhar seus passos.tropeça em seus próprios pés!;

Pois é . Assim que eu contei essa historinha o próprio empresário falou.

É eu sou o pato…

Ah! Porque você faz de tudo, deixa apenas uma coisa para fazer, o que você realmente deveria ter feito. Zé mané!

Lembremos daquela culta música. A dança do quadrado. Cada um no seu quadrado.. cada um no seu quadrado…

Amigão o que você está fazendo no balcão de vendas se você tem balconista, se você tem vendedor? Me explica?

Perguntinha: E você? Quer fazer tudo e não faz nada direito? Entrega suas tarefas? Me fala o que você tem pra fazer? Faz o que é da tua praia.. Tuas obrigações. Contrata gente para fazer o que não é sua alçada…

Se você não é empresário, peça ajuda. Aqui comigo está sendo assim….

Não digo daquelas pessoas que não tem recurso e se vira Esses estão no momento de ralar, sem discussão. Porém nosso papo é sobre aqueles que tem o recurso mas tem um ciúmes quando outras pessoas fazem aquela atividade.

Muita gente que eu conheço está desperdiçando uma energia gigante com o que não é seu trabalho. Parceiro, desapega e vem comigo, pois eu tenho um plano para você.

Vamos que vamos

Rafael Matéus Barrêto

Tags: